O aquecimento solar mostra-se como uma alternativa viável à utilização de combustíveis fósseis, particularmente em Portugal que é um dos países da Europa com maior disponibilidade de radiação solar.

      A utilização de fornos solares tem um potencial de aplicação interessante ao nível das actividades de lazer em países desenvolvidos e como alternativa ao uso da lenha em regiões subdesenvolvidas, que é uma das causas da desflorestação e de doenças crónicas do foro respiratóriomotivadas pela inalação de fumos.

      Nas escolas parceiras serão construídos diversos fornos solares de regulação manual que motivarão os alunos para a experimentação e para esta temática.

     Para aumentar o interesse dos alunos estes serão desafiados a participar num concurso cujo objectivo é premiar o melhor forno solar realizando pequenos cozinhados.